Relembre histórias e curiosidades das Copas do Mundo


Lucas · 02-04-2022

Relembre histórias e curiosidades das Copas do Mundo

Para um bom entendedor de futebol, do tipo que impõe respeito e sabe do que está falando, nada melhor do que possuir aquele repertório de fatos históricos e curiosidades, não acha?!
Portanto, selecionamos para você uma lista com vários desses momentos impagáveis da Copa do Mundo no século 20, em ordem cronológica. Confira!

Há muita história a ser contada

1930 - A felicidade do Uruguai

Foi o ano de estreia do Brasil, logo na primeira edição da Copa do Mundo, realizada no Uruguai. Apesar da felicidade em já ter participado da primeira Copa, a seleção não se saiu muito bem, não - foi eliminada ainda na primeira fase. Nessa mesma edição, o uruguaio Héctor Castro se destacou por ser um atleta que não possuía uma mão - mas que possuía muito talento e habilidade com a bola em seus pés.

1938 - Quando a guerra já impactava o futebol

Na Copa da França, o Brasil alcançou o terceiro lugar. A Itália foi vencedora pela segunda vez seguida, tornando-se a primeira bicampeã. Um fato curioso que ocorreu nesse ano foi quando a Suécia venceu a Áustria por W.O: recentemente, a Áustria havia sido anexada pela Alemanha nazista, e tal decisão fez com que a Suécia ficasse sem time oponente para desafiar, passando automaticamente para as quartas de final.

1950 - Obdulio Varela, o exemplo do que é solidariedade

Antes de tudo, a Copa de 1950 foi a primeira vez em que o Brasil sediou o evento. E foi também quando o famoso “Maracanaço” ocorreu - perdendo na final contra o Uruguai de 2x1 (de virada, ainda por cima), quando o Brasil precisava apenas de um empate... Os brasileiros ficaram tão desolados que, Obdulio Varela, o então capitão uruguaio, virou símbolo de solidariedade ao ficar imensamente sentido com o sofrimento de seus oponentes. No dia da derrota, Varela decidiu beber junto com os jogadores brasileiros, sentindo-se muito próximo a eles e mostrando-se arrependido.

1954 - A Batalha de Berna

Socos e chutes estiveram presentes na partida entre Hungria e Brasil. A briga começou envolvendo os jogadores e até mesmo um árbitro, e então ficou ainda pior - chegando ao ponto de ser necessária uma intervenção policial, até mesmo jornalistas e outras personalidades acabaram se envolvendo no evento que se tornou o mais violento da história das Copas.

1958 - Primeiro título do Brasil e revelação do rei Pelé

Enfim chegou a vez da tão esperada primeira vitória - primeira de muitas, como sabemos - do Brasil, quando o mundo conheceu o famoso rei Pelé! Destaque também para um fato curioso: Rachid Mekloufi deixou sua carreira promissora na França por motivos sociais. O atleta, que era argelino, decidiu se unir à Frente de Liberação Nacional e lutar pela independência da Argélia.

1962 - Brasil, campeão mais vez!

Assim como a Itália, o Brasil repetiu o feito de conquistar seu título de bicampeão mundial logo em seguida de conquistar seu primeiro título. Por conta de uma contusão, Pelé não participou da partida final - ainda assim, o Brasil fez um bom jogo e venceu a Tchecoslováquia por 3x1. Vale destacar também que Aymoré Moreira, que já havia atuado como goleiro, foi o primeiro ex-jogador da seleção brasileira a se tornar técnico da equipe.

1966 - Brasil inaugura a "maldição do título"

Depois de contemplar a felicidade de se tornar bicampeão na Copa anterior, o Brasil foi eliminado ainda durante a primeira fase. E, curiosamente, o mesmo efeito aconteceu posteriormente com mais 4 seleções: França (1998 e 2002), Itália (2006 e 2010), Espanha (2010 e 2014), e Alemanha (2014 e 2018).
A edição de 1966 também leva um importante momento histórico dentro do cenário do futebol: na luta contra o Apartheid, nações africanas se uniram no boicote pela participação das eliminatórias na Copa do Mundo - em protesto contra a FIFA, que aceitou a inscrição da África do Sul no momento em que o país era o responsável pelo regime de segregação racial em vigência.

1970 - O melhor time de todos os tempos

Isso mesmo - para muitos (e não só brasileiros), a seleção brasileira de 1970 é considerada o melhor time de todos os tempos, sim. Coincidentemente nesse mesmo ano, o Brasil se tornou o primeiro tricampeão mundial!

1986 - Maradona e sua "mão de Deus"

Polêmico e impagável gol feito por Maradona na partida entre Argentina e Inglaterra, o jogador cabeceou a bola para o gol - mas, não foi só sua cabeça que encostou na bola, como também seu punho. O juiz validou o gol e, ao ser questionado por repórteres no final da partida, o próprio Maradona revelou que marcou seu gol "um pouco com a cabeça, um pouco com a mão de Deus".

Fique de olho até as próximas curiosidades!

Gostou de relembrar esses fatos antigos? Pois bem, logo mais reuniremos também mais alguns, desde as edições dos anos 90 até a Copa de 2018. Não deixe de conferir!


Comentários (0)

Nenhum comentário foi encontrado.

Futebolmedia.com.br

Um Apostas para o seu escritório?

Quer um Apostas exclusivo para sua empresa? Isso é possível! Com uma fantasia de escritório pode tornar o seu grupo tão exclusivo quanto desejar. Adicione as cores e o logotipo da sua empresa, convide seus colegas e deixe-os fazer previsões. Para tornar as coisas mais divertidas, deixe as equipes e departamentos competirem entre si por grandes prêmios!

Futebolmedia.com.br »